Diário de bordo de Luiz Jr. Fernandes

Blog Boa Viagem Diário de bordo de Luiz Jr. Fernandes

A Cancun decadente que ninguém divulga

Lotes baldios, empreendimentos lacrados, totalmente abandonados - foram vários estabelecimentos assim que encontrei enquanto perambulava de um lado para o outro da Zona Hotelera! Quais seriam os motivos para tamanha decadência?!



Encontre o Post!

Últimos posts

Quando visitei o México em maio deste ano de 2012 esperava encontrar uma potência turística inabalável. Creio que esta é a grande tática utilizada por este destino - fazer ele parecer muito maior do que realmente é. E não é por isso que tenha deixado de gostar de Cancun, pelo contrário! Amei a cidade, as pessoas e principalmente algumas das praias da Zona Hotelera, mas a questão que esta matéria vem abordar hoje é sobre justamente aquilo que não sai na mídia internacional - a Cancun que está para ser alugada ou até mesmo vendida.

Com o tempo disponível nos meus últimos dias na Riviera Maia, bati muita perna para cima e para baixo na Zona Hotelera, peguei diversos coletivos que me fizeram deslocar com bastante agilidade e consequentemente consegui conhecer muitos lugares, vários destes desconhecidos pela grande maioria daqueles que decidem conhecer esta cidade mexicana.

Existe SIM, uma Cancun decadente que se esconde entre os hotéis e resorts mundialmente renomados, uma cidade deserta, com portas trancadas, cordões de isolamento, prédios que antigamente eram lotados por turistas e que hoje são residência de ratos, baratas e consequentemente marginais.

A Cancun decadente que poucos chegam a conhecer
A Cancun decadente que poucos chegam a conhecer

Vítima da recente crise econômica mundial? Ou seriam apenas prédios que foram engolidos pelas gigantescas cifras milionárias de investimentos nos mais diversos segmentos turísticos da pérola caribenha mexicana?! Estas são algumas das perguntas que não consegui respostas! E aqui estou eu compartilhando os meus pensamentos e os fatos que observei e que realmente chamaram muito a minha atenção.

São vários prédios que serviam de sede para agências de turismo, hotéis, bares e restaurantes, galerias comerciais inteiras lacrados! Sem seguranças, vigias ou sequer pessoas para dar informações. Nas proximidades do La Isla e do Centro Comercial Plaza Caracol existem diversos estabelecimentos assim - abandonados á mercê de novos investimentos.

E vejam vocês, prezados leitores, que os prédios abandonados citados nesta matéria estão localizados em determinados pontos da Zona Hotelera que são muito bem valorizados, lugares estratégicos, próximos de boas boates, de grandes resorts e belíssimas praias, mas que mesmo assim permanecem lacrados!

Um restaurante e uma agência de turismo abandonados em Cancun
Um restaurante e uma agência de turismo abandonados em Cancun

Era interessante caminhar no meio das badaladas lojas de Cancun e quando percebia estava em uma Zona Hotelera diferente da divulgada em todo o planeta. Lugares praticamente desertos, ou com muito pouco movimento comercial, com algumas poucas banquinhas de artesanatos onde os locais tentam ganhar a vida.

O que teria feito tamanhos empreendimentos simplesmente encerrarem suas atividades em um lugar com tamanho potencial turístico? Qual teriam sidos os motivos para os donos de estabelecimentos que por hora parecem ser tão prósperos simplesmente tomarem a árdua decisão de fechar, acabar, por fim a uma instituição segmentada no turismo justamente em Cancun?! São todas perguntas que ainda persistem ao observar fotos como a da construção a seguir, totalmente abandonada nas proximidades da região das boates da Zona Hotelera.

Empreendimentos lacrados na Zona Hotelera de Cancun
Empreendimentos lacrados na Zona Hotelera de Cancun

E o que será então daqueles lugares mais afastados das regiões mais badaladas da Zona Hotelera?! O que teria levado tantas empresas a encerrarem suas atividades em um lugar que se rotula como a mais próspera região turística do México? Seria a crise econômica? Seriam fatores economicamente naturais, devido á alta concorrência do destino em questão? As dúvidas são muitas, e o tema polêmico e fica aqui o convite para você manifestar a sua opinião na caixa de comentários que vem logo a seguir!

 

Sobre o #ArribaTour

Esta foi uma excursão solitária realizada entre 23 de maio e 6 de junho do ano de 2012. Nesta oportunidade visitei as cidades mexicanas de Cancun, Playa del Carmen e Cozumel. Foram firmadas diversas parcerias entre este blog e algumas instituições do segmento hoteleiro do México. Experimentamos, com o objetivo de fazer as revisões dos seguintes hotéis: Quetzal Hostel e Hostal Chac Mool em Cancun, Hotel Lunata em Playa del Carmen e Mi Casa en Cozumel. Aos administradores dessas instituições, ficam nossos mais sinceros agradecimentos, por ter-nos recepcionado gentilmente sempre com o seu melhor! Todos os custos com diárias foram cortesia dos hotéis.

Após explorar o México por 7 dias, embarquei em um voo para os Estados Unidos (Fort Lauderdale), e desde esta cidade, em parceria com a Mobility - locadora de veículos, seguimos com nosso tour em uma incrível viagem de ida e volta até Kissimmee, cidade vizinha a Orlando. Aproveitamos nossa viagem a essa região dos Estados Unidos para conhecer o SeaWorld Parks, que também gentilmente ao conhecer nosso intinerários nos enviou os convites para seus parques sem custos adicinais de entrada.

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja seu destino aqui Saiba como anunciar

  Se gostou, então é provável que goste também...

Lista de Comentários

karina
29/08/2012 17:26

comentario feito pelo guia

Olá Luiz, gostaria de parabeniza-lo e dizer q adorooo suas viagens,  inclusive estou estudando de conhecer o Peru nas proximas ferias baseado nos seus relatos.


Qto a decadente Cancun, tb estive no inicio de maio deste ano onde fiquei por 10 dias, achei q aproveitaria melhor q os pacotes de 7 dias oferecidos pelas agencias de turismo. Fiquei no Hyatt, otimo local e tb observei esses predios abandonados ao lado do plaza caracol (o segundo andar praticamente sem lojas) e tb em outros locais.  Mas o interessante msm foi durante o citty tour o guia falar: sobre as impressoes q tiverem de cancun, se alguem nao gostar, nao precisa falar o q nao gostou, deixe q a pessoa venha ate aki e tire suas proprias conclusoes.... Eles nao querem propaganda negativa sobre o local q afinal de contas, vive do turismo. Acredito q a crise financeira esteja afetando o comercio local.

-