Mergulho em Bora Bora na PolinÚsia Francesa com Bora Diving Center

Mergulho com cilindro em Bora Bora, na Polinésia Francesa com a equipe do Bora Diving Center.  Veja as fotos de mantas, cardumes e outras surpresas mais.

Olá, tudo joia com você?! Hoje venho até aqui para escrever mais um post molhado. É isso mesmo! Hoje vamos voltar aos temas da Polinésia Francesa documentando um dos mergulhos que consegui realizar nesta nação. Ter a possibilidade de fazer um mergulho em Bora Bora é certeza de que é possível obter um espetáculo de imagens e memórias, é uma experiência que pode fazer valer a viagem inteira. Nunca seria capaz de deixar a Polinésia sem praticar mergulho com cilindro. Consegui realizar essa façanha, mesmo com o clima completamente nublado e com chuvas torrenciais frequentes. Vou contar com detalhes para você como foi essa maluquice nos próximos parágrafos...

Desembarquei em Bora Bora com o clima nublado e chuvoso, permanecendo assim até o dia da minha partida. Estava muito decepcionado por isso, não é mole conseguir chegar em um lugar tão complicado como esse e o clima não colaborar com a viagem, eu precisava preencher o meu tempo com o máximo de atividades possíveis, para que essa deprê não me jogasse no chão. Tinha encontrado uma agência de mergulho na internet chamada Bora Diving Center do grupo Eleuthera Plongee, entrei em contato contando sobre o blog e nosso trabalho documentando mergulhos e dive points ao redor do mundo e mais do que imediatamente fomos convidados a conhecer a estrutura do lugar e fazer um mergulhinho com eles. O que ainda me animava um pouco mais era por ter realizado um passeio muito legal um dia antes, confira como foi visitando o link a seguir: Mergulho com tubarões e arraias em Bora Bora

Mergulho com cilindro em Bora Bora

Durante todo esse tempo planejando minha viagem até Bora Bora, sequer contei com a hipótese de chegar ao destino e encontrar o tempo nublado e chuvoso. Eu estava realmente muito para baixo, precisando fazer algo que me animasse e mesmo com o clima tão ruim, ainda tinha o mergulho agendado. O pessoal do Bora Diving Center não me contatou para informar qualquer mudança nos planos, então levantei pela manhã no dia combinado para o mergulho e fui para o ponto de espera onde eles me buscariam para fazer o mergulho.

Mergulho em Bora Bora em um dia de chuva extrema
Mergulho em Bora Bora em um dia de chuva extrema

Pensei que cancelariam. Por vários minutos fiquei sentado no ponto combinado para o pickup, jurando que eles não iriam passar. Eu acreditei que não valeria a pena ir para baixo da água com o clima tão ruim. De certo que os peixes estariam de férias né?! Ou então agasalhados em suas camas, a ponto de não querer assunto com mergulhadores. Para minha sorte eu estava completamente enganado.

Nós saímos do porto em frente à Bora Diving Center sob uma chuvinha chata que não queria parar de jeito nenhum. Eu era o único mergulhador do dia, todos os outros cancelaram o passeio por conta do clima. O dive master era o cara mais gente boa da ilha, em momento algum o clima abalou o humor dele ou o desejo em ir para o mar. Acredito que esse era o motivo que nos conectou naquela manhã chuvosa em Bora Bora: compartilhávamos do mesmo amor e do mesmo desejo intenso de ir pro oceano. Ele mencionou várias vezes a felicidade de ter um cara como eu para mergulhar com ele, já que nesse período estavam em baixa temporada e com a chuva quase ninguém gostava de ir mergulhar.

Mas que coisa não!? Foi preciso colocar a máscara de mergulho no rosto para conseguir enxergar no caminho até o nosso ponto de mergulho, de tanta chuva que caia!

Enquanto a chuva caia o motor rompia pro primeiro ponto
Enquanto a chuva caia o motor rompia pro primeiro ponto

Isso não nos desanimou em momento algum, muito pelo contrário. Parecia que estávamos sendo agraciados pelas mãos divinas por ser os únicos seres humanos que entrariam no mar naquele dia. Apesar de ter caído chuva aos bocados, o oceano permanecia muito sereno. Não haviam ondas na lagoa, não fazia frio, não tinha mais ninguém além de nós. Parecia ser a combinação perfeita para um mergulho espetacular. E definitivamente foi!

Enquanto a chuva caia lá em cima, abaixo da água reinava o sossego
Enquanto a chuva caia lá em cima, abaixo da água reinava o sossego

Antes de seguir adiante com o relato, ficam aqui os nossos mais profundos agradecimentos a toda equipe da Bora Diving Center, que em momento algum arregou para o climinha chuvoso e foi para a água comigo debaixo de chuva para que eu pudesse obter uma das experiências mais espetaculares de toda minha vida. Esta empresa de mergulhos está localizada na Polinésia Francesa em vários destinos, Bora Bora, Papeete, Rangiroa e Fakarava (com o nome de Bora Diving Center ou Eleuthera Polynesie), no final do post você encontra os dados principais da empresa.

Encantando peixes em Bora Bora

Lançamos a âncora ao mar e juntos a nós havia apenas um barco de pescadores que mergulhavam em apneia. "Deve ter peixe grande aqui perto", balbuciou o divemaster, ávido por tirá-los dali. Foi evidente perceber que existe uma richa muito forte entre mergulhadores e pescadores em Bora Bora, afinal de contas queremos ver os peixes grandes vivos, fortes, robustos, ativos em seu habitat natural, enquanto os mergulhadores só querem ter a chance do tiro certeiro. Não sei se essa rixa é verdadeira, contudo os pescadores zarparam no mesmo instante que detectaram a nossa presença.

Envolto por peixes em Bora Bora
Envolto por peixes em Bora Bora

Quando você mergulha pela primeira vez na Polinésia Francesa existe aquele choque de realidade. Ele foi maior em mim pois estava em uma superfície nublada e chuvosa já por alguns dias e quando abri os olhos pela primeira vez completamente submerso naquele azul infinito, percebi que eu estava perdendo meu tempo ficando seco na superfície chuvosa. Eu deveria ter ido mergulhar logo no primeiro dia, mas fiquei dando chance né..., aí já viu.

Rapidamente submergimos até encontrar o fundo do oceano. Estávamos ancorados a uma grande plataforma de areia que não tinha mais do que 10 metros de profundidade. Nosso mergulho começaria e terminaria por ali, só que o dive master tinha algumas cartas na manga, ele sabia o que possivelmente poderíamos encontrar por ali e traçou uma estratégia audaciosa, que poderia mudar conforme o que fossemos encontrando pela frente.

Encantando cardumes em Bora Bora
Encantando cardumes em Bora Bora

Quando o dive master chegou ao fundo do mar, ele começou a fazer algo que até então não tinha visto em lugar nenhum. Ele esfregava seus dedos provocando um ruído que parecia atrair os peixes. Mal tínhamos chegado ao fundo do mar e ele já estava completamente rodeado por peixes de várias espécies. Fiquei maravilhado com aquilo, na foto anterior você consegue ver quantos peixes nos rodeavam.

Belos corais, anêmonas e lindos peixes residentes
Belos corais, anêmonas e lindos peixes residentes

Sinceramente?! O mergulho já tinha valido a viagem naquele momento. Puxa vida, quantos peixes incríveis. Quando começamos a explorar os arredores onde nosso barco estava ancorado foi possível encontrar várias anêmonas de cores intensas, residência oficial dos peixe-palhaço.

Mergulho em corais de Bora Bora
Tomando o tempo que precisava para contemplar a perfeição dos corais de Bora Bora

Gosto demais desse tipo de animal. Passo horas contemplando as anêmonas que encontro em meus caminhos molhados. Particularmente fico mais feliz quando consigo contemplar uma legião de nemos sendo afagados pelos "tentáculos" das anêmonas. O dive master fazia as paradas necessárias, foi muito paciente durante todo o período em que estivemos submersos, sempre fazia questão de tomar a câmera da minha mão para me registrar nos melhores momentos do nosso mergulho.

Lindas anêmonas em Bora Bora
Lindas anêmonas em Bora Bora

E entre uma anêmona e outra, eu seguia tentando "encantar" os cardumes...

Encantando peixes em Bora Bora
Segui sempre tentando encantar os peixes heheh

Era tanto peixe que eu ficava sem saber para onde ir. Seguia o "líder" tentando registrar o máximo possível da minha experiência. Mesmo esquecendo que o clima estava chuvoso, ainda estava um pouco contrariado pois eu sabia que as cores daquele ambiente aquático deveriam ser muito explosivas com o sol a pino e céu completamente azulado. Mesmo assim isso não impediu a diversão e fez com que o sentimento de exclusividade em nós fosse ainda maior, afinal de contas éramos os únicos da nossa espécie naquele ambiente, naquele exato momento.

Cardumes lindos em um mergulho com cilindro em Bora Bora
Cardumes lindos em um mergulho com cilindro em Bora Bora

Como se isso não fosse suficiente, a melhor parte do mergulho ainda estava por vir. Eu acompanhava o meu guia como um aluno que aprende atento às lições de um professor experiente. Ele me deu sinais de que iríamos deixar aquele ambiente mais raso e começaríamos a partir para partes mais fundas, com topologia parecida com cânions submarinos e o motivo disso era simples: nós iríamos atrás das raias chita, que de uma hora para a outra apareceram em um grupo pequeno para dar o ar da graça.

Admirando o bailar das raia chita

Que animais espetaculares. Não bastou ter contemplado várias anêmonas repletas de "nemos" lindíssimos. Não foi suficiente ter encantado cardumes de peixes coloridíssimos, típicos dessa região do mundo. Era preciso ter um show a parte! Foi o que eu senti quando comecei a seguir aquelas raias, eu me sentia em um palco natural onde elas eram as estrelas e eu era o espectador afoito.

Escondendo atrás de canions para ver o baile das raias chita
Escondendo atrás de cânions para ver o baile das raias chita

Animais muito ariscos, essa espécie de raia não gosta muito de ser observada de perto. Era preciso destreza e muita delicadeza ao mergulhar para não ser percebido por elas. Nós acompanhamos esses animais por vários minutos, nos escondendo atrás de cânions submersos, fascinados pelo bailar maravilhoso que esses animais realizavam no fundo do mar

Perfeição da natureza em Bora Bora
Perfeição da natureza em Bora Bora

Foram instantes espetaculares, sequer consigo encontrar palavras que possam descrever as memórias que obtive com máxima fidelidade. Nós ficamos por ali escondidos atrás de um cânion admirando aquele bailado frenético por vários minutos, porém o ponto alto do mergulho ainda estava por vir...

Encontro inesperado em nosso mergulho em Bora Bora

Saímos do nosso esconderijo em direção à plataforma mais rasa, onde nossa embarcação estava ancorada. Estava tão alegre que era difícil manter meu rosto sem um sorriso, evitando assim que água entrasse na minha boca hehehe, eu estava meio desatento quando percebi que algo grande demais havia chocado frente a frente com meu instrutor, era uma raia manta!

Encontro inesperado com a gigante dos mares
Encontro inesperado com a gigante dos mares

O que você faz quando algo assim acontece?! Por um vago momento eu até me esqueci de respirar! Travei a respiração com o susto da gigantesca raia manta que quase topou frente a frente com o instrutor. Eu apertei todos os botões da minha câmera na empolgação pelo registro do encontro. Consegui fazer uma foto perfeita do grandioso encontro inesperado no meio dos mares da lagoa de Bora Bora.

Raia manta que nos encontrou em nosso mergulho chuvoso
Raia manta que nos encontrou em nosso mergulho chuvoso

Quando eu pensava que Bora Bora não iria conseguir me surpreender com aquele clima feio e chuvoso, eis que eu vou para o fundo do mar e sou exposto a um mergulho desse nível. Um MIX de sentimentos tomou conta do meu interior, uma felicidade incrível, uma paz interior inexplicável, aquele sentimento bom do dever cumprido, eu finalmente poderia sair de Bora com experiências que marcaram definitivamente a minha viagem.

Momento de felicidade e emoção em mergulho na ilha de Bora Bora
Momento de felicidade e emoção em mergulho na ilha de Bora Bora

A raia manta foi se afastando aos poucos, bem vagarosamente. Não resisti a empolgação e acompanhei-a por uma fração de minuto, maravilhado com seu tamanho. De fato eu nunca tinha chegado tão próximo de uma raia manta, quem dirá ter nadado lado a lado contemplando cada detalhe desse grandioso animal marinho. Esta foi de longa uma das experiências mais marcantes que a Polinésia Francesa me trouxe.

Encontro com raia manta em Bora Bora
Encontro com raia manta em Bora Bora

Sem pretensão nenhuma, ainda que meio desanimado, consegui ser surpreendido por um mergulho que durou pouco mais de uma hora e que me deu a possibilidade de contemplar anêmonas brilhantes repletas de nemos, escondi atrás de cânions submarinos para apreciar o bailar das raia chita, quase esbarramos frente a frente com uma raia manta e para finalizar aprendi a encantar cardumes exóticos.

Voltando para a praia feliz da vida, sem chuva porém com o tempo nublado
Voltando para a praia feliz da vida, sem chuva porém com o tempo nublado

Esta foi uma das atividades que realizei em minha viagem até a Polinésia Francesa que de fato superou todas as minhas expectativas. Quando voltamos à superfície já não chovia mais, porém o céu continuava nublado, o mar azulado e minha mente pulsava de satisfação em decorrência dos momentos marcantes que eu havia acabado de experimentar.

Com a galera mais esperta pra mergulho em Bora Bora
Com a galera mais esperta pra mergulho em Bora Bora

Eu gravei um vídeo logo no final do meu mergulho, ainda molhado da água do mar, em que você pode conferir um pouco da emoção que registrei naquele momento. Logo a seguir você pode conferir os dados comerciais, e-mails, sites e telefones para quando visitar Bora Bora, ir para baixo da água com os caras do Bora Diving Center, ainda busco palavras para tentar ilustrar algo que ainda é um pouco inexplicável para mim.


Em Bora Bora, no Bora Diving Center

Serviço

Os caras do Bora Diving Center são parceiros da cia de mergulhos Eleuthera Plongee. Eles possuem escritórios e partem para mergulhos nas principais ilhas do Tahiti (Bora Bora, Papeete, Rangiroa, Fakarava Sul).

Bora Diving Center em Bora Bora
Site: www.eleutheratahiti.com
E-mail: eleutheraborabora@gmail.com
Telefone: (689) 40 42 49 29
Luiz Jr. Fernandes realizou essa experiência em uma parceria sem fins lucrativos celebrada entre o Blog Boa Viagem e Bora Diving Center, contudo isso não influencia a transparência do relato

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias