Diário de bordo de Luiz Jr. Fernandes

Dando uma volta na Ilha de Cozumel sem muito esforço

Seria um arrependimento eterno sair de Cozumel sem conhecer as praias que ficam do outro lado da Ilha, voltado para o mar aberto do Caribe. Aluguei uma motinha e fiz a volta em umas 5 horas, parando onde quisesse para mergulhar em lugares nos arrecifes de corais mais lindos que já vi na vida.


Encontre o Post!

Translate it to any language:

Últimos posts

Em meu último dia na Ilha de Cozumel, resolvi fazer um passeio que me foi muitíssimo recomendado - dar uma volta na ilha. Existem algumas maneiras de fazer isso alternativamente, mas a opção que me pareceu ser mais apropriada, rápida e acessível foi mesmo alugar uma motoquinha.

Para um viajante que voltou recentemente da Ásia parecia mesmo um absurdo de caro pagar cerca de 30 dólares pelo aluguel de uma motocicleta por uma diária, foi então que cheguei a conclusão que não precisaria de uma moto por 24 horas. Almocei no centro de San Miguel de Cozumel, e por ali mesmo comecei a pechinchar. Existem diversas locadoras de veículos (tanto de 2 quanto de 4 rodas), mas os preços não seguem os mesmos padrões dos valores que encontrei na Ásia (lá alugava motos por 5 dólares o dia).

Mas não poderia deixar uma oportunidade como essa simplesmente passar. Depois de muito pechinchar, encontrei uma portinha perto da praça do centro, e tentei sensibilizar o comerciante contando que estava muito triste, que iria deixar a ilha no dia seguinte sem conhecer as praias do outro lado. Depois de muito negociar, discutir e comprovar que voltaria ao cair da noite, consegui pagar 10 dólares pelo aluguel da motinha, das 3 da tarde até depois do pôr do sol, no máximo até 8 da noite deveria devolver a moto. E é claro que me pediram um depósito! Revirei os bolsos, fingi que não tinha meu cartão de crédito comigo e que somente tinha o dinheiro em questão. Ele me disse que sem o depósito nada feito. Consegui encontrar 10 euros junto com meus documentos e foi isso mesmo, ele aceitou esse depósito.


Um dos lugares incríveis que podem ser visitados numa volta em Cozu

Depois de responder um exaustivo questionário a respeito das minhas habilidades como motorista, comprovar que tinha carteira de habilitação (a brasileira) e provar pro comerciante que eu só queria a moto para dar a volta na ilha, coloquei o capacete e "hasta luego". Parti para o sul da Ilha de Cozumel.

Munido apenas de uma pequena bolsa que continha a minha câmera DSLR, com apenas uma lente, o meu telefone e o equipamento para fazer snorkelling nos corais de Cozumel e parti do centro da cidade apreciando sempre a bela vista do Mar do Caribe. No caminho alguns barquinhos estavam ancorados e valeu a pena parar para tirar!

Navios de cruzeiros atracados na Ilha de Cozumel
Navios de cruzeiros atracados na Ilha de Cozumel

É realmente muito tranquilo! É claro que todo cuidado é pouco para evitar uma queda da moto, ou eventual roubo (vai que acontece!). Mas as vantagens eram justamente as que eu esperava - poderia parar onde quisesse, trancar tudo dentro do banco da motinha e tibum no oceano. Seja onde fosse! Então eu me dava ao luxo de escolher os lugares mais paradisíacos para dar um mergulhinho.

No meio do caminho vários arrecifes de corais, com placas informando sobre a reserva natural, e é claro que eu mergulhei na maioria dos melhores lugares. Com uma profundidade mediana, consegui avistar dezenas de bichos e sempre muitos corais de cores incríveis e totalmente diferentes dos que já havia visto em mergulhos em outros lugares do planeta.

E seguindo sempre pela única rodovia que dá a volta na ilha, consegui chegar na Punta Sur de Cozumel ainda antes do pôr do sol!

Chegando em Punta Sur, Cozumel
Chegando em Punta Sur, Cozumel

Logo ao chegar, acreditei que realmente estaria cometendo um grande erro ao sair de Cozumel no dia seguinte sem fazer esse passeio! Totalmente alternativo, senti a liberdade na pele ao dirigir pelos cerca de 50 kilômetros que correspondem ao circuito completo de volta na Ilha de Cozumel. Praias com ondas fortes, areia branquíssima e a mesma visibilidade dos pontos em que mergulhei mais próximos de San Miguel.

A praia de Punta Sur tem uma estruturazinha básica para quem gosta de ser servido a beira mar. Existem alguns restaurantes pé na areia, lugares para comprar bebidas e até uma capelinha. Um cenário é sempre constante - a beleza do mar caribenho quebrando nas praias do outro lado da ilha de Cozu.

Uma das praias de Punta Sur
Uma das praias de Punta Sur

A rodovia é tranquilíssima e muito bem asfaltada. Em vários lugares haviam algumas reformas na estrada, que obrigam os carros a seguirem em um único sentido, mas tudo foi muito simples, mesmo pois o movimento de veículos era muito pequeno.

Pela única rodovia em uma motocicleta
Volta na Ilha pela única rodovia em uma motocicleta

E não se espante se estiver tomando um banho de sol em uma das praias de Punta Sur e repentinamente encontrar uma gigantesca iguana ao seu lado! Elas estão por todas as partes e são muito fotogênicas, fazem até pose quando estão sendo clicadas.


Iguanas em Punta Sur, Cozumel

O visual é paradisíaco. A paz que tomava conta do meu interior fenômenal! Fiz algumas gravações para imortalizar na memória a cena daquelas ondas quebrando na praia mais ao sul da Ilha de Cozumel.


TV Boa Viagem na Punta Sur em Cozumel

E quanto mais ao sul, mais inexploradas, desertas, paradisíacas e sensacionais eram as paisagens. Um oceano com águas mornas, mas que neste lado da ilha se comportava com um pouco mais de furor. Muitas ondas - ideal para os surfistas - e em Punta Sur uma praia com areia muito clara e fofinha. Como estava se aproximando o fim do dia, optei apenas por ficar fotografando as paisagens e não entrei mais no oceano. O lado mais rústico e definitivamente o que mais me agradou estava no lado oposto a San Miguel de Cozumel.

Visual das praias de Punta Sur em Cozumel
Visual das praias de Punta Sur em Cozumel

Todos os centímetros desta ilha me pareceram muito bem planejados pela graça do Criador. Com os quatro dias e três noites em que parmeneci em Cozumel, consegui obter experiências para a vida toda. Mergulhei com cilindro em águas com visilidade de 40 metros, fiz um passeio de barco que me levou a três ótimos pontos para fazer snorkel e ainda conheci a fantástica casa de Memo Lopez, que também é Mi Casa en Cozumel.

Punta Sur - um dos melhores lugares em Cozu na minha opinião
Punta Sur - um dos melhores lugares em Cozu na minha opinião

E vocês pensaram que acabaram os posts sobre Cozu não é?! Pois aguardem muito mais novidades e dicas sobre essa fantástica Ilha no decorrer dos próximos dias! Ainda há muito o que falar sobre San Miguel de Cozumel La Isla Bonita de México!

 

Sobre o #ArribaTour

Esta foi uma excursão solitária realizada entre 23 de maio e 6 de junho do ano de 2012. Nesta oportunidade visitei as cidades mexicanas de Cancun, Playa del Carmen e Cozumel. Foram firmadas diversas parcerias entre este blog e algumas instituições do segmento hoteleiro do México. Experimentamos, com o objetivo de fazer as revisões dos seguintes hotéis: Quetzal Hostel e Hostal Chac Mool em Cancun, Hotel Lunata em Playa del Carmen e Mi Casa en Cozumel. Aos administradores dessas instituições, ficam nossos mais sinceros agradecimentos, por ter-nos recepcionado gentilmente sempre com o seu melhor! Todos os custos com diárias foram cortesia dos hotéis.

Após explorar o México por 7 dias, embarquei em um voo para os Estados Unidos (Fort Lauderdale), e desde esta cidade, em parceria com a Mobility - locadora de veículos, seguimos com nosso tour em uma incrível viagem de ida e volta até Kissimmee, cidade vizinha a Orlando. Aproveitamos nossa viagem a essa região dos Estados Unidos para conhecer o SeaWorld Parks, que também gentilmente ao conhecer nosso intinerários nos enviou os convites para seus parques sem custos adicinais de entrada.

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja seu destino aqui Saiba como anunciar

  Se gostou, então é provável que goste também...

-