Blog Boa Viagem
22/01/2016

Conhecendo as Pirâmides de Teotihuacán

Uma das principais alternativas para passeios turísticos na Cidade do México é fazer uma visita à Zona Arqueológica de Teotihuacan. Localizada 45 quilômetros de distância da capital mexicana, este complexo de templos e pirâmides possuem algumas das paisagens mais espetaculares que podem ser obtidas em uma viagem ao México.

Encontre o Post!

Últimos posts

RBBV

Finalmente reservei um tempinho para conseguir escrever um pouco aqui no blog. Esses últimos dias têm sido bem exaustivos, repletos de muito trabalho, decisões na vida pessoal, e o melhor de tudo: planejamento das novas viagens para este ano de 2016. Ainda no início do ano passado viajei até a Cidade do México onde tive a oportunidade de visitar a notória capital do Império Pré Colombiano Azteca, a cidade histórica de Teotihuacan, lugar capaz de tirar o fôlego até mesmo dos viajantes mais experimentados em destinos notoriamente marcantes.

De fato uma viagem até a CDMX não estará completa sem que se dedique ao menos um dia para fazer o passeio entre essa megalópole e o Complexo Arqueológico de Teotihuacan, que fica localizado a pouco mais de uma hora do centro da capital mexicana. Confesso que não é uma tarefa difícil visitar o templo por conta própria, porém é preciso ter um pouco de conhecimento prévio para otimizar a viagem, informações estas que você vai poder conferir aos poucos enquanto desfruta das belíssimas histórias que estou prestes a escrever em mais esse relato registrado aqui no blog.

Levantei bem cedinho no meu segundo dia completo na Cidade do México e decidi que seria a perfeita oportunidade para fazer o trajeto até as pirâmides mais famosas deste país. O que eu não previ era que estaria eu prestes a adentrar o horário de rush matinal de centenas de milhares de mexicanos que dependem dos transportes públicos desta metrópole para chegar ao trabalho. Esta parte pode ser difícil, porém é ironicamente econômica!

Metro + ônibus para conhecer Teotihuacan
Metro + ônibus para conhecer Teotihuacan

Como estava hospedado próximo ao Centro Histórico, peguei o metrô rumo à estação chamada: Terminal Autobuses del Norte. Foi preciso baldear de um ponto a outro, o que fez com que a viagem se tornasse uma verdadeira maratona apenas para conseguir chegar à rodoviária de onde partem os ônibus rumo a Teotihuacan.

É bom ter paciência e muita atenção ao fazer o baldeamento de estações nos metrôs da Cidade do México. Esses terminais estão sempre abarrotados de gente e quase sempre é preciso se orientar pelas placas que indicam para onde deve seguir para continuar até a próxima estação necessária. Muitos pedintes, vendedores ambulantes, jovens, adultos, idosos e crianças. Uma das estações que mais requer caminhada é a "La Rasa", gastei quase 20 minutos caminhando do ponto onde cheguei até o ponto onde partia o outro trem rumo finalmente ao Terminal de Autobuses de onde compraria o ticket até Teotihuacan.

É bom levar a própria água, fazer um belo lanche e levar alguns snacks pois a caminhada de descoberta desta Zona Arqueológica pode levar várias horas. Como estava sozinho nesta oportunidade, aproveitei para otimizar o tempo do passeio, indo direto aos principais edifícios e tentando me orientar com a ajuda de páginas da internet salvas no meu celular e conversando com um guia aqui, outro ali, fazendo uma amizade com um gringo aqui, com um mexicano ali e assim conheci tudo sem gastar nada além do dinheiro do metrô + ônibus de ida e volta + ingresso para na Zona Arqueológica. O custo do ônibus ficou em 44 pesos por trecho (comprei a ida e a volta direto no Terminal), os ônibus partem de 15 em 15 minutos a partir das 5 da manhã com destino à cidadezinha de San Martin de Las Piramides, parando exatamente no portal de entrada para as pirâmides. Já para entrar na zona arqueológica o custo ficou em 64 pesos.

Zona de Monumentos Arqueológicos de Teotihuacan
Zona de Monumentos Arqueológicos de Teotihuacan

Uma vez no interior do grandioso terreno onde estão edificadas as principais pirâmides é possível compreender o quão vasto e quanto é necessário caminhar para conseguir visitar os principais marcos arqueológicos. Estes monumentos foram declarados Patrimônios Históricos da Humanidade pela Unesco ainda no ano de 1987, sem dúvida os grandes destaques ficam por conta da vista obtida no topo dos dois principais templos: a Pirâmide do Sol e da Lua, porém a aventura começa mesmo pela contemplação de um dos templos mais místicos de todo complexo: o Templo de La Serpiente Emplumada.

Templo de la Serpiente Emplumada em Teotihuacan
Templo de la Serpiente Emplumada em Teotihuacan

Sem sombra de dúvidas o que mais salta à atenção de qualquer visitante de Teotihuacan são os vários detalhes e adornos talhados em pedra pura que podem ser contemplados em praticamente todas as edificações desta zona arqueológica: no templo anterior é possível observar a face de serpentes com dentes afiados ao longo das escadarias, estas ainda encontram-se bem preservadas, sem qualquer tipo de restauração e que não estão acessíveis aos visitantes, também não é possível escalar as escadas e subir até o topo deste templo.

Alguns minutos de contemplação foram necessários antes de partir rumo à descoberta das ruelas e a grande avenida dos Mortos, mas antes de falarmos sobre esse sinistro lugar, gostaria de me ater um pouco mais aos detalhes, veja na montagem a seguir o quão bem adornadas eram as construções nos arredores dos templos, se atenha aos detalhes, veja quantas pedrinhas foram necessárias para revestir escadarias e corredores de praticamente todo o complexo, simplesmente fenomenal!

Perfeição dos vários detalhes nas edificações de Teotihuacan
Perfeição dos vários detalhes nas edificações de Teotihuacan

Foi justamente em Teotihuacan que floresceu uma civilização agrícola fundada ainda antes dos anos 600AC. Ali viveram alguns dos melhores artistas da antiguidade, notório por conta da quantidade de detalhes e adornos artísticos que facilmente podemos presenciar em praticamente todas as edificações deste complexo de templos. Em seu apogeu, Teotihuacan passou a ocupar uma área com cerca de 20 quilômetros quadrados onde viveram entre 120 mil e 250 mil habitantes. Consegue ver as montagens e imaginar uma cidade ativa, repleta de gente perambulando entre templos, com seus afazeres e rotinas de vida preservados!?

As ruínas da capital do Império Azteca no México
As ruínas da capital do Império Azteca no México

Os lugares mais espetaculares entretanto estão localizados na porção final da Zona Arqueológica, duas pirâmides merecem a atenção especial dos visitantes: a do Sol e da Lua. O macete para quem desejar ir direto às cerejas deste bolo é bem simples, para ir direto à Piramide do Sol, basta descer do ônibus no portão 3; para a Piramide da Lua, o mais próximo é o portão 2; pode valer a pena sair pelo portão 5, visto que este é o mais próximo do Museu existente na Zona Arqueológica e também costuma ser o lugar mais fácil para encontrar barracas com comidas típicas e fazer uma boquinha depois do tour. Agora se tem algo que eu recomendo mesmo é a necessidade de subir até o topo das duas maiores pirâmides para conseguir ter a completa percepção da grandiosidade desse lugar...

Pirâmide do Sol e o visual de algumas vielas entre os Monumentos em Teotihuacan
Pirâmide do Sol e o visual de algumas vielas entre os Monumentos em Teotihuacan

Do topo da Pirâmide do Sol é possível ter a vista perfeita da Pirâmide da Lua. São vários andares para chegar até o topo, realmente não é missão para quem está sem preparo físico, só que quando o topo é alcançado a vista panorâmica revela-se de maneira surpreendente aos que decidem superar os obstáculos chegando até o topo destas pirâmides.

Vista da Pirâmide da Lua obtida no Topo da Pirâmide do Sol
Vista da Pirâmide da Lua obtida no Topo da Pirâmide do Sol

Na montagem a seguir você pode perceber ainda um pouco da paisagem contemplada no topo da Pirâmide do Sol, veja que ainda existem vários resquícios de outros templos que não encontram-se tão bem preservados como essas gigantescas pirâmides! Também é possível ver a quantidade de vendedores de artesanatos e bugigangas que constantemente ficam questionando os visitantes pelo desejo de comprar algo. Caso você opte por comprar, saiba que sofrerá um assédio tremendo por parte de outros vendedores que também forçaram a venda de outros artigos (que acabam tendo seu preço inflacionado se comparados com os grandes mercados e centros de comércio existentes na Cidade do México).

Vista no topo da Pirâmide do Sol e a Calçada dos Mortos em Teotihuacan
Vista no topo da Pirâmide do Sol e a Calçada dos Mortos em Teotihuacan

Agora a parte mais linda, mais surpreendente e que me deixou boquiaberto por vários dias foi a vista que consegui obter ao subir a Pirâmide da Lua. Toda a grande via chamada de Calçada dos Mortos estava ali à minha frente, com a grande Pirâmide do Sol ao meu lado esquerdo. Esta é uma paisagem que dificilmente sairá da minha memória, valeu realmente a pena!

Vista da Calçada dos Mortos desde o topo da Pirâmide da Lua em Teotihuacan
Panorâmica da Calçada dos Mortos com Piramide do sol à esquerda e Praça da Lua ao centro

A seguir eu compilei alguns dos melhores momentos em formato de vídeo para compartilhar com você. Sem dúvidas assistindo ao vídeo você conseguirá ter uma maior percepção da grandiosidade desse lugar, bem como absorverá novas dicas que foram registradas enquanto caminhava e descobria as fantásticas pirâmides de Teotihuacan.


Assista à minha visita completa ao Complexo Arqueológico de Teotihuacan

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja seu destino aqui Saiba como anunciar

  Se gostou, então é provável que goste também...

-