Diário de bordo de Luiz Jr. Fernandes

Baladas e vida noturna em Koh Phi Phi

Além de ser um país procurado por suas paisagens sensacionais, a Tailândia também é mundialmente conhecida por suas festas e baladas. Visitei Koh Phi Phi por 6 dias e acreditem, é farra de segunda a segunda ;)

Encontre o Post!

Translate it to any language:

Últimos posts

Definitivamente não tenho o perfil de viajante baladeiro. Eu até já visitei lugares bem propícios para quem curte fazer uma bela farra em boates, bares, discotecas e até mesmo na praia, mas sinceramente a arte de blogar me levou para o caminho dos descobrimentos. Enquanto estou badalando uma noite inteira em qualquer lugar do planeta, estou perdendo momentos preciosos que poderiam ser investidos na revitalização das energias para seguir com as explorações do dia seguinte, afinal de contas, never stop exploring. Acontece que alguns destinos deste nosso planeta te intimam a festar como um dos principais afazeres do turista comprometido com a verdadeira experiência local. Assim como em Cusco, Koh Phi Phi na Tailândia faz questão de te envolver na atmosfera festiva das noites que costumam terminar com o calor do sol ardente das manhãs do dia seguinte.

É impossível visitar esse que é um dos destinos mais procurados no Sudeste da Ásia e não aproveitar ao menos uma noite na balada. As festas começam tímidas logo ao cair do sol. As barracas que existem na praia Loh Dalum vão se transformando, de meras vendedoras de bebidinhas com pé na areia a verdadeiros palcos onde tailandeses fazem malabarismos com fogo, turistas se divertem sempre com seus buckets nas mãos, borbulhando em uma festa que realmente não tem hora para acabar. Justamente tentando evitar com que essa "balada infinita" tome proporções desastrosas para o ecossistema de Phi Phi, as autoridades locais limitaram a libertinagem até as 2 da manhã (ao menos no período em que estava por lá era assim). A partir daí os turistas se reunem em grupinhos sentados na areia branca da praia mais próxima do vilarejo, se alimentam nas barraquinhas, saem literalmente perambulando pela ilha em busca de algo mais.

Malabares em um bar na praia de Loh Dalum em Koh Phi Phi
Malabares em um bar na praia de Loh Dalum em Koh Phi Phi

A noite começa com vários malabaristas fazendo acrobacias com fogo. As chamas dão um efeito visual fantástico combinada ao som da música eletrônica que embala as manobras que eles realizam. As pessoas acomodam-se cada qual ao seu estilo para assistir aos espetáculos, que está no plural justamente por serem várias as barracas na orla da praia que oferecem esse tipo de entretenimento. Há aquelas que disponibilizam cadeiras, outras alguns puffs espalhados pela areia, várias colocam até sofás para atrair os turistas e consequentemente aumentar as vendas.

Vida noturna, festas e baladas em Koh Phi Phi
Vida noturna, festas e baladas em Koh Phi Phi

Não demora muito até a festa estar declaradamente liberada, os malabaristas tomam posições estratégicas no meio do público e continuam com as acrobacias. As pessoas então tomam conta dos palcos e a música eletrônica rompe a noite a fora atéo princípio da madrugada. Acreditem, prezados leitores, não existem dias específicos para que exista festa. Todo dia é dia de festa em Koh Phi Phi. E uma festa que em minha opinião é muito mais organizada e "sustentável", se comparada ao caos chamado Full Moon Party de Koh Phangan

A minha experiência não foi muito legal em Phangan, e hoje, alguns meses após o meu retorno da Ásia, acredito que realmente os melhores momentos na vida noturna foram em Phi Phi, a propósito, se pudesse fazer diferente, eu teria passado o reveillon 2011 - 2012 em Koh Phi Phi. Acreito que estava procurando algo parecido com isso: não tanta gente, o pessoal apreciando os malabares, que são típicos das festas tailandesas, uma vibe de festa na praia que acaba em lual até o nascer do sol, sem empurra empurra ou assédios de trombadinhas.

Tailândia e as baladas de suas ilhas paradisíacas
Tailândia e as baladas de suas ilhas paradisíacas

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja seu destino aqui Saiba como anunciar

  Se gostou, então é provável que goste também...

-