Diário de bordo de Luiz Jr. Fernandes

De Manhattan ao Woodbury em um carro da HERTZ

O Woodbury é um outlet a céu aberto que fica localizado no meio do estado de Nova York. Com o apoio da HERTZ, descobrimos que ter um veículo alugado em uma das metrópoles com o trânsito mais caótico dos EUA pode ser uma ação que resguardará grandes vantagens ao turista, vamos conhecer algumas delas?


Encontre o Post!

Translate it to any language:

Últimos posts

As minhas segundas impressões de Nova York não poderiam ser melhores: a cidade estava bela, intensa como sempre e totalmente diferente da última oportunidade em que a visitei. Em novembro de 2011, era meio do outono, as cores e o clima estavam característicos para essa época do ano. Um friozinho constante dominava as ruas e fazia com que todos precisassem de um reforço no agasalho. Desta vez tudo estava diferente. Ainda no princípio de setembro o calor era dominante. Não acreditava que visitaria NYC com a temperatura que a conheci desta vez, fazia um calor escaldante! As pessoas trajavam roupas mais despojadas, os turistas sempre com seus bermudões, correndo de um lado para o outro, ávidos por registrar os melhores momentos de sua visita até a Big Apple.

Acredito que são justamente os objetivos que traçamos para acumular conhecimento durante a visita a uma nova cidade que nos fazem diferentes da grande maioria dos turistas, que por impulso seguem as dicas torrenciais que encontram na internet, ou persistem por caminhar sempre sob as prévias orientações de um guia turístico. O blogueiro aqui que vos escreve tem prazer por vencer obstáculos, traçar novas rotas, atingir metas e se satisfazer vendo que conseguiu realizar ações que até então eram apenas meros devanêios de uma mente viajante. Gosto de quebrar a minha zona de conforto, e os beneficiados são os visitantes deste diário de bordo, que possuem registros verídicos de boa parte da minha vida on the road.

E assim como mencionado anteriormente em minhas segundas impressões sobre NY, voltei até a Big Apple com objetivos muito específicos para aqueles que visitam frequentemente este blog. Felizes serão aqueles que fizerem questão de planejar sua viagem com base nas nossas experiências, pois realizei esta nova visita com o intuito único de explorar lugares que ficaram para trás na primeira vez, complementando ainda mais as matérias publicadas sobre esse fantástico destino nos Estados Unidos. Meu principal objetivo era conhecer o mais famoso dos outlets próximos a Manhattan, o Woodbury Common Premium Outlets. O grande problema era só o seguinte: seria praticamente inviável visitar esse lugar sem um veículo com o curtíssimo prazo que teria em solo estado-unidense. Foi quando a HERTZ apareceu como a alternativa mais viável para realizar o trajeto.

Tinha muito desejo DE conhecer Nova York pelo ângulo de visão de um motorista, livre para rodar para onde e por quanto tempo fosse necessário. Outro objetivo era ampliar a experiência dirigindo nos Estados Unidos, visto que já havia realizado outra viagem de carro desde Fort Lauderdale até Orlando, mas agora estava em outro estado, o mais caótico a nível de trânsito nos EUA, e minha intenção era justamente adquirir a certeza de que era capaz de dirigir em qualquer lugar, e que com a ajuda de um GPS já não existiriam mais receios, medos ou qualquer tipo de dificuldade para chegar aos lugares planejados. Foi quando eu fiz a HERTZ conhecer a nossa proposta e eles gentilmente fizeram questão de ser parceiros dessa iniciativa, cedendo-nos um veículo sem custos adicionais para experimentarmos o trânsito de NY, conhecermos o Woodbury e avaliarmos os serviços de locação de carros desta empresa em um dos destinos mais desejados nos Estados Unidos pelos brasileiros.

E lá fui eu retirar o carro na sede da HERTZ em Midtown. Bem pertinho da Times Square, desembarquei do metro na Grand Central Station e em menos de 20 minutos de caminhada estava no lugar da retirada.

Retirando o carro na Hertz de Midtown
Retirando o carro na Hertz de Midtown

Tudo muito simples, rápido e eficiente. Sem muita complicação, apenas solicitaram a minha reserva e minha carteira de habilitação, e antes que você me pergunte: eu não possuo carteira internacional de habilitação! E SIM, você pode visitar os Estados Unidos e locar um carro com a sua habilitação nacional, mas pode valer a pena solicitar a permissão internacional, que pode ser adquirida no DETRAN mais próximo da sua residência. Apenas para complementar essa informação, saiba que carteira nacional de habilitação brasileira permite aos condutores dirigir em mais de 130 países, sem a necessidade da licença para dirigir.

Logo depois das formalidades, indicaram o veículo que deveria retirar. Fiquei muito satisfeito ao ver que era um Chevy Cruze 2012, com uma milhagem muito baixa, uma verdadeira máquina. Eu já mencionei por aqui também a vantagem de alugar veículos e fazer um test drive em um modelo que lhe agrade, a ponto de que essa experiência possa vir a servir como ação definidora de compra de um veículo da mesma marca/modelo em um futuro próximo. Eu me encantei com o Cruze e todas as funcionalidades que ele possui - computador de bordo, som integrado com o iphone e rádios via satélite, ar condicionado digital, controles de várias funções no volante, bancos em couro: um carro completíssimo e muito confortável.

De Manhattan até o Woodbury em um carro da HERTZ
De Manhattan até o Woodbury em um carro da HERTZ

Logo ao sair de Midtown, o GPS indicava como via mais acessível a Cross Bronx Expressway, que me levaria até a freeway de acesso ao Central Valley do estado de Nova York. Posteriormente eu seguiria via rodovia I-87 e uma hora mais tarde eu estaria estacionando o carro no Woodbury.

A rodovia de mão dupla possui 4 pistas em cada sentido. Sempre muito lotada! Partí de Manhattan por volta de 2 da tarde esperando não encontrar muitos engarrafamentos na minha frente. Bom eu não estava enganado, realmente não exisita trânsito parado, mas a quantidade de veículos trafegando nas rodovias é realmente assustadora! As pistas permaneceram sempre cheias, tanto na ida que aconteceu no princípio da tarde, quanto no retorno que aconteceu por volta das 10 da noite. A propósito, dirigir em NYC é justamente praticar a arte de se controlar em meio a grandes tráfegos. Para todos os lugares que fui, tanto no Bronx, quanto no Brooklyn, Queens e Manhattan sempre encontrei muitos carros trafegando, e não importava a hora - as rodovias estavam sempre lotadas.

Apesar exclusivamente do trânsito intenso, meu objetivo foi atingido sem muito esforço, até com certa facilidade. A dica é ficar de olho nos radares e não extrapolar a velocidade nunca! Até encontrei momentos em que a vontade era de estar acima da velocidade indicada pela sinalização, mas sinceramente ao meu ver não era algo que valeria a pena, visto que é muito fácil ser surpreendido por uma fiscalização eletrônica e acabar tendo uma multa lavrada.

Outra dica interessante é relacionada ao pedágios: para trafegar dentro de NY é fundamental ter o E-ZPass, um sistema regional de pedágio eletrônico, que fica colado no parabrisas do carro. A conveniência é realmente impressionante. Basta escolher o caminho indicado para E-ZPass Only, aguardar alguns segundos e automaticamente a cancela será levantada permitindo a sua passagem. Por padrão os carros alugados pela Hertz em NY incluirão o cartão de passe e o valor dos pedágios será cobrado no cartão de crédito do locatário.

E enfim depois de dirigir por uma rodovia realmente espetacular, cheguei no Woodburry a ponto de aproveitar ainda por um bom tempo o que as várias lojas teriam a oferecer!

WoodBury Outlet - Nova York - Como Chegar
Preparado para as compras no WoodBury

Você ainda pode tentar chegar no WoodBury com transporte público, o pessoal do mãos de vaca até documentou a verdadeira odisséia que é realizar o trajeto até esse Outlet utilizando uma combinação entre trens e ônibus, entretanto acredito que são inúmeras as vantagens em possuir um carro - afinal de contas o turista terá uma acessibilidade impagável, terá tranquilidade para fazer suas compras e voltar com segurança para o hotel. Além da facilidade de poder combinar a devolução do veículo alugado direto no aeroporto na hora de voltar para o Brasil. Agora se a sua situação não condiz com a necessidade de alugar um veículo, então não se preocupe pois existe nas proximidades de Manhattan o Jersey Gardens, um outlet menor que o Woodbury, localizado a apenas alguns minutos de MidTown e que já está devidamente documentado nas páginas deste blog de viagens.

O veículo proporcionou uma grande facilidade para atingir longas e complicadas distâncias. Com ele NY ficou acessível, e apesar do trânsito caótico, consegui ter as melhores e mais profundas experiências com a Big Apple. Em apenas dois dias além de visitar o Woodbury, que será muito bem documentado no próximo post, visitei a cidade de OceanSide, trafeguei pela Long Beach Road e de quebra consegui registrar para sempre em minhas memórias a incrível vista noturna de Manhattan obtida desde o Brooklyn Bridge Park. O carro foi fundamental!

Vista de Manhattan a noite desde o Brooklyn
Vista de Manhattan a noite desde o Brooklyn

E se você pretende visitar o Woodbury, tem dúvidas ou dificuldades, então não deixe de usar e abusar da caixa de comentários no fim dessa matéria! Será mais que um grande prazer tentar esclarecer as dúvidas e ajudar pessoas que possuem qualquer tipo de receio com relação ao trânsito nos Estados Unidos.

Esta foi uma viagem realizada no princípio do mês de setembro/2012 em que combinamos a oportunidade de voltar a Nova York com três dias incríveis de exploração acima e abaixo do nível do mar em Barbados, a ilha mais oriental do Caribe, servida por voos diretos semanais partindo do Aeroporto de Guarulhos em São Paulo. Como parceiros para a realização desta viagem, contamos com a hospedagem e todos os serviços do Resort All Inclusive Elite Island The Club, localizado em St. James na belíssima costa oeste barbadiana. Uma vez nos Estados Unidos firmamos parceria com a locadora de veículos HERTZ, que gentilmente nos ofereceu uma proposta de review dos serviços de locação de veículos em Nova York, proporcionando-me uma nova e completa experiência de imersão nas vias que conectam os 5 boroughs da Big Apple!

Hospedagem em Barbados locação de veículos em Nova York

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja seu destino aqui Saiba como anunciar

  Se gostou, então é provável que goste também...

Lista de Comentários

Luciano
01/08/2014 18:25

Tirou várias dúvidas...

Obrigado pelo post, me tirou várias dúvidas.
Estou indo para NY no início de Setembro pela primeira vez e aluguei um carro para poder ir ao WoodBury, mas tinha algumas dúvidas que foram sanadas no seu post.
Luiz Jr. (Blog Boa Viagem)
07/08/2014 17:11

Eu sou quem agradece! Mto obrigado pelo comentário e por visitar o blog ;) volte sempre!
Gabriel
24/03/2014 00:45

Pedágio

Encontrei o blog (que aliás irá para a barra de favoritos) procurando informações sobre pedágios em NY... Uma dúvida já foi tirada, quando dizes que o carro alugado na Hertz já vem com o dispositivo "passe direto", o tal ZPass no para-brisa do carro. Bem, irei de JFK para um hotel em Secaucus NJ, depois para Jerseygardem, hotel, manhattan... e, inclusive, terei que passar pelo Lincoln Tunnel que sei que tem pedágio... enfim, encurtando, todos os pedágios ao redor de Manhattan, inclusive em NJ aceitam tal sistema eletrônico do ZPass? Outra coisa, alugando carro pela Hertz, em visita a Manhattan, posso usar as várias lojas da Hertz para "estacionar" meu carro e buscá-lo depois? Obrigado!
Olá Gabriel, obrigado por visitar e comentar aqui no blog!

Bom, todos os pedágios de NYC aceitam o EZPass! Sinceramente não tive problema nenhum em utilizá-lo na Big Apple. A grande vantagem é que os pedágios são muito bem sinalizados, então se caso você passe por algum que não aceite o card, basta se direcionar pra fila que aceita cash. Vale ficar bem esperto também para se o cartão vai ser lido pelo pedágio, pois às vezes eu esquecia de baixar o dispositivo pregado no para-brisas e simplesmente não conseguia o acesso até o fiscal vir me ajudar ;)
MONICA
07/06/2013 10:51

VC SABERIA ME FALAR O PREÇO DOS PEDAGIOS PARA O WOODBURY, COMPENSA IR DE CARRO EM TERMOS FINACEIROS, JA OUVI DIZER QUE OS PEDAGIOS SÃO CAROS?

Olá Monica tudo joia?!


Agradeço pela visita e por deixar seu comentário! Bom, sobre os pedágios, eu acabei pagando no ato da devolução do veículo, pois todos os carros da Hertz em Nova York possuem um dispositivo colado ao parabrisas que registra a passagem do veículo pelos pedágios. Acho que foi U$ 30 dólares o custo de  todos os pedágios que paguei com dois dias de carro em NY. Sobre a visita ao Woodbury não há melhor opção do que o veículo, além de ser mais confortável também! 


Espero ter ajudado! Grande abraço!

-